Desensolarada terça

Olhando e julgando por hoje, vejo o quanto que relacionamentos são assim, feitos de altos e baixos. Não só o nosso, mas o de todo mundo. Um dia estamos bem, sorrindo, declarando o nosso amor uma pra outra e no dia seguinte a tristeza nos invade, nos distanciamos um pouco, o assunto some.. não, o amor não diminui, mas parece que ele se esconde um pouco dentro de nós. Hoje não sei bem como te alegrar, não sei o que se passa dentro de ti, não sei o que te entristeceu. Hoje eu não sei de nada. Hoje eu não sei nem de mim. Hoje eu não sei de nós. Só sei que ta nublado, já até choveu, ta escuro. Dentro de você, lá fora, em todo lugar. Você foi vaga quando disse que “a vida, a vida te entristeceu”. Talvez hoje tenha pesado. Como você mesma disse, “juntou tudo”. Queria que me dissesse que tudo é esse. Penso em tantas coisas, mas gostaria de saber mesmo o que você pensa. O que é que te angustia. Não é chato ouvir a mesma coisa, eu não canso de você. Os seus problemas são os meus. O que dói em ti, me dói muito mais. Saber que você ta mal, que chorou, me quebra todinha. Então me fala.. o que te entristeceu? Te fiz alguma coisa? Te decepcionei de alguma forma? Ou não fui eu? É o fato das coisas não estarem saindo como nós planejamos? É por que não podemos desfrutar de um namoro (namoro mesmo) ainda? É por que ainda precisamos nos despedir toda noite? É a falta de apoio? É no trabalho? Eu não sei..

Vou parar de perguntar, de te questionar. Não porque eu não me importe, mas porque eu não gosto de ser inconveniente. Teu espaço tu sempre vai ter amor. Espero que não entenda isso da maneira errada, não é falta de interesse e nem de preocupação. As vezes só não quero te pressionar.

Aguardo tua melhora, espero que fique bem. Que essa tristeza suma. Hoje não vi o sol brilhar, o meu sol tava apagadinho. Mas amanhã é um novo dia, e com ele uma nova chance de poder sentir e ver o teu brilho, meu sol. Eu te amo muito, embora não tenha dito muito isso hoje. Eu te amo, e só te amo. Terças são tão tristes quanto sábados. Só queria estar contigo, pra te fazer sorrir, te distrair, ou ser o seu colinho, seu conforto. E vice-versa..

Lembra que eu preciso de ti, e é verdade… você me salvou, e preciso que continue me salvando de mim mesma sempre. Parece que to colocando um peso enorme em cima de você, mas é que eu realmente preciso da sua vida na minha. Fica bem, se não por ti… por mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s